General Augusto Heleno critica demarcação de terras

Português   English   Español
General Augusto Heleno critica demarcação de terras
TARCISO MORAIS
TARCISO MORAIS
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia

O novo ministro do Gabinete de Segurança Institucional (GSI) afirma que índios não precisam de tratamento diferenciado.

O general da reserva Augusto Heleno defendeu nesta quarta-feira (2) a transferência da demarcação de terras indígenas do Ministério da Justiça para o Ministério da Agricultura, conforme prevê MP editada pelo presidente Jair Bolsonaro.

Segundo o ministro, algumas mudanças na área já estavam previstas desde a campanha eleitoral que levou Bolsonaro à presidência do Brasil.

Em evento nesta quarta, segundo “O Globo“, Heleno explicou:

Foi uma promessa de campanha do presidente tratar do assunto. Como a demarcação de terras até hoje não deu certo vale a pena tentar uma coisa diferente

Segundo o ministro do GSI, a separação entre a sociedade e os índios no Brasil tem sido um erro. Para ele, os índios não precisam de tratamento diferenciado como alguns intérpretes da questão indígena acreditam.

Heleno afirmou:

[O índio] precisa ser tratado como cidadão brasileiro, e não com alguém de exceção, que precise de medidas excludentes. Precisa ser incluído na sociedade brasileira como cidadão, guardadas todas as tradições culturais, todos seus traços, ancestrais, a história. Tudo isso precisa ser preservado, mas dando ao índio o direito de ter aquilo que ele deseja e não de ter a sua situação imposta por quem acha que ele deve ser assim.

SIGA A RENOVA

Compartilhe...

Share on whatsapp
Share on google
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on email

Deixe seu comentário...

Veja também...