General Heleno aponta radicalização do PT como causa do atentado

Twitter
Facebook
Google+
LinkedIn
Pinterest

O candidato do PSL à Presidência, Jair Bolsonaro, está sendo transferido na manhã desta sexta-feira (7) de Juiz de Fora para o hospital Albert Einstein, na capital de São Paulo.

O general da reserva Augusto Heleno, um dos principais coordenadores políticos da campanha de Jair Bolsonaro (PSL), afirmou que o atentado sofrido pelo presidenciável nesta quinta-feira (6) é “resultado da radicalização que o PT está promovendo”.

As informações são da revista Crusoé.

O militar ponderou, contudo, não estar culpando petistas pelo ataque.

‘Isso é resultado dessa radicalização que o PT está promovendo. Não estou dizendo que eles são os culpados’, afirmou.

Twitter
Facebook
Google+
LinkedIn
Pinterest

Isso também pode te interessar

Deixe seu comentário

Anunciante
e-consulters
Parceiro

Assine nossa Newsletter!

Preencha o formulário para assinar.

Nome Email
newsletter

Últimas publicações