General Heleno vê discriminação contra militares no Brasil

O general da reserva Augusto Heleno Ribeiro Pereira, ex-comandante das forças da ONU no Haiti, foi aplaudido durante palestra na Escola Superior de Guerra (ESG) nessa quarta-feira (07) ao dizer que o país não combate o preconceito contra os militares.

Ao participar do painel de debates “A Segurança Pública no Estado do Rio de Janeiro: Intervenção Federal e Forças Armadas“, o general disse apoiar a escolha de um militar, o general Walter Souza Braga Netto, como interventor federal na área de segurança no Estado.

Ele também disse que a opção do presidente Michel Temer (MDB) por um militar é válida, pois os militares passam a vida inteira estudando. “Estamos sendo mal aproveitados“, afirmou.

O general Heleno foi enfaticamente aplaudido por uma plateia formada por mais de 300 militares e acadêmicos após declarar:

É impressionante o preconceito que continua a existir contra os militares, não tem razão de ser. Após o fim do regime militar, as Forças Armadas têm sido o baluarte da democracia no Brasil. O país luta contra todos os preconceitos, menos contra esse.

 

Com informações de: [UOL]
Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *