General diz que intervenção devolverá credibilidade à polícia do Rio

As Forças Armadas pretendem devolver a credibilidade da polícia do Rio de Janeiro e recuperar sua capacidade operacional durante a intervenção federal na segurança do Estado, reduzindo os índices de criminalidade e devolvendo à população uma sensação de segurança, disse nesta terça-feira (27) o general interventor Walter Braga Netto.

Em entrevista a jornalistas, o general Braga Netto declarou:

A intervenção é uma janela de oportunidade para segurança pública se reestruturar, fortalecer e apoiar logisticamente a segurança do Rio para reduzir criminalidade e dar suporte à capacidade operativa do Rio.

Um dos pontos citados pelo interventor foi o sucateamento das tropas locais, que contribui para o avanço da violência e da criminalidade no Estado ao longos dos últimos meses.

“A intervenção é gerencial e nosso objetivo é integrar, cooperar e, ao final, devolver a credibilidade e orgulho de ser policial”, disse o general interventor.

O general interventor afirmou que as Forças Armadas não pretendem fazer ocupação de favelas, nem acabar com a política de Unidades de Polícia Pacificadora (UPPs). O combate aos desvios de conduta e à corrupção será uma das linhas de atuação do militares.

“Queremos fortalecer as corregedorias e tomar todas as medidas necessárias para que o bom profissional seja valorizado e o mau penalizado”, afirmou Braga Netto.

 

Com informações de: [BOL]
Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *