Português   English   Español

General Mourão diz que não será um vice-presidente figurativo

Eleito vice-presidente, Mourão também afirmou que fará um “enxugamento” no número de servidores a sua disposição e descartou mais verba para o setor militar.

O general da reserva Hamilton Mourão (PRTB), eleito vice-presidente na chapa de Jair Bolsonaro (PSL), anunciou ainda neste domingo (28) um “enxugamento” no número de servidores na vice-Presidência, hoje na casa de 140.

Em entrevista ao jornal Estadão, o general reiterou que “não será um vice figurativo, aquele que fica ali só para cumprir tabela, ou seja, substituir eventualmente o presidente”. E ressaltou que o próprio presidente eleito Jair Bolsonaro lhe disse querer “participação ativa”.

Mourão também afirmou que “não se arrepende” do que falou na campanha. “Não tem nada que eu tenha feito para agredir ou ofender as pessoas”, explicou.

 

Adaptado da fonte Gazeta do Povo

Deixe seu comentário...

Veja também...

Newsletter Renova!

Preencha o formulário para assinar nossa newsletter.

Nome Email
newsletter