General Santos Cruz nega militarização da gestão Bolsonaro

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

O general da reserva Carlos Alberto Santos Cruz descartou a narrativa que militarização da gestão Bolsonaro.

O futuro ministro da Secretaria de Governo disse que o fato da administração do presidente eleito Jair Bolsonaro possuir em seu quadro vários militares não significa que haverá militarização da gestão.

Em sua entrevista ao jornal “O Globo”, o general Santos Cruz declarou:

Quando você escolhe um advogado para ser o vice e um outro advogado para Casa Civil, você não está fazendo uma patota profissional. Você está escolhendo pessoas que você conhece, que você tem confiança. Então não significa que seja um governo militar.

E acrescentou:

Não significa um governo de pensamento militar, de militarização. Não tem nada disso. Simplesmente são pessoas conhecidas dentro de um ambiente profissional. Não representando ali as Forças Armadas. As escolhas foram decisões pessoais. Não pode confundir a escolha de pessoas que são militares da reserva com um governo militar. São coisas completamente distintas.

 

Adaptado da fonte O Antagonista

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Newsletter

Receba as principais notícias do dia, assine nossa newsletter gratuita.