Português   English   Español

General Theophilo defende abate de bandidos portando armas pesadas

O general Theophilo foi escolhido por Moro para coordenar uma das bandeiras eleitorais de Jair Bolsonaro.

O general da reserva Guilherme ​Theophilo foi indicado pelo futuro ministro da Justiça, Sergio Moro, nesta terça-feira (4), para ocupar a Secretaria Nacional de Segurança Pública do futuro governo de Jair Bolsonaro.

Em entrevista ao jornal “Folha de S. Paulo“, o militar defendeu o abate de criminosos com armas pesadas.

Confira um trecho da conversa abaixo:

O governador eleito do Rio de Janeiro, Wilson Witzel, defendeu o abate de indivíduos portando armas pesadas. O senhor pensa como ele?

Depende da situação. O indivíduo está com arma pesada em que situação? E se ele, em um confronto, apontar a arma pesada?

Então, só comprovando que seja um criminoso?

Claro, comprovado que o indivíduo seja perigoso e que fará resistência à atividade policial.


O governador eleito do Rio de Janeiro, Wilson Witzel, é a favor de uma política de tolerância zero com bandidos portando fuzis nas ruas do Estado, conforme noticiou a Renova.

Deixe seu comentário...

Veja também...

Newsletter Renova!

Preencha o formulário para assinar nossa newsletter.

Nome Email
newsletter