Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

George Soros foi investigado por empresa contratada pelo Facebook

Tarciso Morais

Tarciso Morais

George Soros foi investigado por empresa contratada pelo Facebook
COMPARTILHE

A empresa de Mark Zuckerberg admitiu a contratação de uma companhia de relações públicas em 2017 para investigar críticos públicos da rede social.

A empresa contratada pelo Facebook é chamada Definers e tem vínculos com o partido Republicano nos Estados Unidos, segundo informações do Poder 360.

O caso foi investigado pelo jornal “The New York Times” na semana passada, e foi confirmado pelo diretor de comunicações e políticas públicas da empresa, Elliot Schrage.

O bilionário George Soros está na lista de pessoas que foram investigadas. O globalista havia dito em janeiro, durante o Fórum Econômico de Davos, na Suíça, que o Facebook é “uma ameaça à sociedade”.

“Nós não havíamos ouvido esse tipo de crítica vindo dele antes, e queríamos checar se não havia algum tipo de motivação financeira”, explicou o diretor do Facebook sobre a investigação contra Soros.

Neste mesmo evento, Soros também partiu para o ataque contra o presidente norte-americano Donald Trump, conforme noticiou a Renova Mídia.

Em entrevista, o CEO do Facebook, Mark Zuckerberg, negou conhecimento sobre o caso. “Eu descobri isso lendo a matéria também”, disse.

Após a matéria ser publicada, o Facebook rompeu o contrato com a Definers, ainda de acordo com o jornal Poder 360.

Coincidentemente, em matéria publicada pela Renova Mídia nesta quinta-feira (22), ficamos sabendo que o bilionário evitou perdas milionárias nos últimos meses após vender ações do Facebook antes delas despencarem.

- PUBLICIDADE -
TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram