George Soros reforça críticas ao regime comunista da China

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Soros é um dos maiores doadores a movimentos de esquerda mundo afora.

Um dos maiores financiadores da agenda progressista mundo afora, o bilionário húngaro-americano George Soros, voltou a criticar o Partido Comunista da China (PCCh).

Soros disse que o líder do país asiático, Xi Jinping, “colidiu com a realidade econômica” ao “controlar o mercado”.

Investidores estrangeiros terão, com o tempo, um duro despertar para os problemas da abordagem chinesa”, escreveu Soros, em artigo publicado no jornal britânico Financial Times, na última segunda-feira (30).

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Newsletter

Receba as principais notícias do dia, assine nossa newsletter gratuita.