Geraldo Alckmin quer distância de Aécio Neves

Idiomas:

Português   English   Español
Foto: Nelson Almeida / AFP
Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia.

Candidato do PSDB participou de entrevista à rádio CBN nesta terça-feira (4) e voltou a falar sobre alianças e corrupção.


O candidato tucano Geraldo Alckmin defendeu novamente a aliança com partidos do Centrão nesta terça-feira (4), afirmando que eles são necessários para aprovar as reformas de que o Brasil precisa.

Em entrevista à rádio CBN, o tucano disse ainda que pode cortar até dez dos 28 ministérios da Esplanada, se defendeu em relação às críticas de que o estado de São Paulo, que governou nos últimos anos, perdeu a liderança do exame do Sistema de Avaliação da Educação Básica (Saeb) nos três ciclos, e afirmou que não fará campanha com Aécio Neves (PSDB-MG).

“A aliança (com o Centrão) é necessária. O Brasil não vai mudar no grito ou na bala, mas com reformas constitucionais, que precisam de três quintos do Congresso”, disse Alckmin, fazendo referência à peça publicitária de sua coligação que mira o candidato Jair Bolsonaro (PSL), o principal adversário do PSDB no primeiro turno.

 

Adaptado da fonte Gazeta do Povo

Curta e compartilhe...

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on reddit
Share on vk

Deixe seu comentário...

A RENOVA Mídia não se responsabiliza pelo conteúdo, opiniões e comentários dos visitantes do site. NÃO publique ofensas, discordar não é ofender. Caso encontre algum material com ofensas, denuncie. Lembre-se que ao comentar em nosso portal você concorda com estes Termos de Uso.

Veja também...