- PUBLICIDADE -

Gigantes da telefonia defendem Huawei no 5G do Brasil

Gigantes da telefonia defendem Huawei no 5G do Brasil
- PUBLICIDADE -

O posicionamento dos empresários é similar ao expressado pelo vice-presidente do Brasil.

As maiores operadoras de telefonia do Brasil tiveram uma reunião, nesta terça-feira (8), com o ministro das Comunicações, Fábio Faria, para falar do possível banimento da Huawei das redes de telecomunicações 5G do país.  

Os empresários alertaram que, caso o governo Jair Bolsonaro baixe um decreto barrando a gigante tecnológica da China do leilão da rede 5G, haverá atrasos e até repasse de custos para os consumidores. 

Os presidentes das principais operadoras do país participaram da reunião: 

  • Pietro Labriola (Tim) 
  • Rodrigo Abreu (Oi) 
  • Christian Gebara (Vivo) 
  • José Félix (Claro) 
  • Jean Borges (Algar) 

Durante a conversa com Faria, as empresas disseram que, desde 2007, já investiram mais de R$ 150 bilhões na construção de redes 3G e 4G. 

De acordo com os empresários, mais da metade dessa infraestrutura, em alguns casos, possui equipamentos da Huawei.  

O aparato chinês, no entanto, não conversa com os equipamentos 5G dos demais fornecedores, o que elevaria os custos do consumidor brasileiro. 

O posicionamento dos empresários é similar ao expressado dias atrás pelo vice-presidente da República, Hamilton Mourão

“Hoje, 40% da infraestrutura que nós temos de 3G e 4G é da Huawei. Se a Huawei não puder fornecer o equipamento [de 5G], vai custar muito mais caro”, disse Mourão, como noticiou a RenovaMídia

PUBLICIDADE
- PUBLICIDADE -

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -