Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Gilmar diz que mensagens hackeadas podem beneficiar Lula

Gilmar diz que mensagens hackeadas podem beneficiar Lula
COMPARTILHE

“A prova, mesmo ilícita, em alguns casos serve para isentar determinada sanção ou inocentar alguém”, afirmou Gilmar.

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Gilmar Mendes, afirmou que a Corte pode considerar usar como provas as mensagens obtidas a partir da invasão dos celulares de autoridades brasileiras no julgamento do processo do condenado Lula da Silva (PT).

Após participar de uma palestra em São Paulo, na última sexta-feira (9), o ministro disse que o STF já discutiu o uso de provas obtidas de maneira ilícita, como a invasão nos aplicativos de mensagens feita por hackers nos aparelhos do ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, e o procurador Deltan Dallagnol.

Na ocasião, segundo a revista Veja, Gilmar declarou:

“A prova, mesmo ilícita, em alguns casos serve para isentar determinada sanção ou inocentar alguém.”

Questionado por jornalistas sobre a possibilidade dessas provas serem usadas para beneficiar Lula no julgamento do habeas corpus pela Corte, o ministro disse: “Pode ser”.

Em suas declarações nesta sexta, Gilmar também atacou Moro:

“Daqui a pouco, ele pode reivindicar salário na Justiça do Trabalho, acumulou funções. […] Certamente juiz não pode ser chefe de força-tarefa.”

PUBLICIDADE

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Comentários_

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da RenovaMídia.

Ao comentar você concorda com nossos termos de uso e política de privacidade.

Assinar
Notificar quando
guest
0 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários