Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Gilmar Mendes aguarda novos vazamentos do The Intercept

Tarciso Morais

Tarciso Morais

Gilmar Mendes aguarda novos vazamentos do The Intercept
Gilmar Mendes e Sérgio Fernando Moro
COMPARTILHE

“Estão anunciando novos vazamentos, então vamos aguardar”, disse Gilmar sobre as ameaças feitas por Glenn Greewald, do site The Intercept.

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Gilmar Mendes, confirmou que a Segunda Turma da Corte deve julgar no dia 25 de junho um outro habeas corpus do ex-presidente Lula da Silva (PT).

A defesa do petista acusa o ex-juiz federal Sergio Moro de agir com parcialidade ao condená-lo no caso do triplex do Guarujá (SP) e depois assumir cargo no primeiro escalão do governo do presidente da República, Jair Bolsonaro.

O julgamento foi retomada por Gilmar, na noite desta segunda-feira (10), após o vazamento de conversas hackeadas relacionadas à Operação Lava Jato pelo site The Intercept.

O site tenta construir a narrativa de que Moro teria orientado investigações da Lava Jato por meio de mensagens trocadas no aplicativo Telegram. O site afirmou que recebeu de fonte anônima o material. A Polícia Federal investiga a atuação de cibercriminosos contra autoridades brasileiras.

“Vamos aguardar. Tem vazamentos, estão anunciando novos vazamentos, então vamos aguardar”, disse Gilmar a jornalistas, ao chegar para a sessão da Segunda Turma desta terça-feira (11), segundo o site UOL.

Nesta segunda-feira (10), em entrevista, um dos fundadores do The Intercept, Glenn Greenwald, ameaçou Moro com o vazamento de “um grande volume de dados não publicados” sobre a suposta atuação indevida do ex-juiz federal durante o julgamento de Lula.

Indagado se eventuais provas colhidas ilegalmente podem ser anuladas, o ministro deu a entender que políticos condenados pela Lava Jato podem ser beneficiados pelas mensagens obtidas por cibercriminosos.

- PUBLICIDADE -
TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram