Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Gilmar Mendes arquiva ação contra Eduardo Bolsonaro

Gilmar Mendes arquiva ação contra Eduardo Bolsonaro
COMPARTILHE

Ministro do STF arquiva ação contra filho de Bolsonaro por suposta apologia ao AI-5.

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Gilmar Mendes, arquivou ação contra o deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL) por suposta apologia ao AI-5. 

Mendes alegou que o STF não tem competência jurídica para analisar o caso: 

“Compete à Procuradoria-Geral da República a iniciativa de processar e investigar notícias de crimes envolvendo autoridades com prerrogativas de foro.” 

O caso teve início há um ano, em novembro de 2019, durante uma entrevista de Eduardo a jornalista Leda Nagle, no YouTube. 

O filho do presidente da República, Jair Bolsonaro, foi alvo de uma queixa-crime assinada por 18 parlamentares de PSol, PT, PSB, PDT, PCdoB e da liderança da Minoria na Câmara dos Deputados.  

O pedido das siglas alegava que o parlamentar “incitou um um possível retorno do AI-5, página infeliz da história brasileira, afrontando diretamente os ditames constitucionais e democráticos pátrios”, destaca o site Metrópoles

PUBLICIDADE

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Comentários_

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da RenovaMídia.

Ao comentar você concorda com nossos termos de uso e política de privacidade.

Assinar
Notificar quando
guest
1 Comentário
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários
Cavalo Branco
Cavalo Branco
3 dias atrás

Os comunistas nunca se deram com os positivistas, no entanto é a mesma ideologia, a dominação do povo por uma elite de intelectuais, no primeiro eles se autodeclaram “proletários”, mesmo que sejam filhos da mais alta aristocracia do país, no segundo se auto intitulam “tecnocratas”, e, geralmente têm sua origem nas massas. Mas decididamente Eduardo Bolsonaro não é um positivista, ou já teria se autodeclarado um “iniciado”, como o Major Olímpio.

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE