Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Gilmar Mendes classifica a mídia de “opressiva e chantagista”

COMPARTILHE

Durante julgamento do habeas corpus do ex-presidente Luis Inácio Lula da Silva nesta quarta-feira no Supremo Tribunal Federal (STF), o ministro Gilmar Mendes criticou a atuação da mídia.

O ministro Gilmar Mendes destacou que, após 15 anos no Supremo, nunca viu uma mídia tão “opressiva” e “chantagista”.

Gilmar também afirmou que, se STF se dobrar à mídia ou ao sentimento das ruas, não deveria mais existir. Diz que prisão em 2ª instância na Lava Jato é “balela”. “É notório que era preciso fazer uma revisão. Estamos fortalecendo o estamento que não terá mais contraste”.

O ministro do Supremo também disse que clima de intolerância no Brasil é culpa do PT:

A intolerância gerou-se nesse germe ruim da violência. O PT tem a grande chance de um pedido de desculpas público por isso. Aprenderam na oficina do diabo. Fascistóides atacando pessoas.

Gilmar foi alvo de protestos durante algumas de suas viagens à Portugal.

Dias atrás, Gilmar estampou as capas dos jornais após mandar um jornalista da Folha de São Paulo pedir para o editor enfiar a pergunta na bunda.

Ontem (03), durante a manifestação contra impunidade na avenida Paulista, São Paulo, o ministro foi alvo de protestos.

PUBLICIDADE

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Comentários_

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da RenovaMídia.

Ao comentar você concorda com nossos termos de uso e política de privacidade.

Assinar
Notificar quando
guest
0 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários

PUBLICIDADE