PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

Gilmar Mendes defende a urna eletrônica

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Gilmar Mendes voltou a defender o processo eleitoral do Brasil.

PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

O ministro do STFGilmar Mendes, voltou a defender, nesta segunda-feira (12), o processo eleitoral do Brasil.

Em entrevista à rádio CBN, Mendes citou o nome de deputados federais aliados do presidente Jair Bolsonaro para justificar o uso das urnas eletrônicas:

“Os senhores já tinham ouvindo falar de Hélio Negão? De Bia Kicis? Nenhum de nós tinha ouvindo falar deles. Eles vieram nesse arrastão provocado pelo presidente, o que prova que a urna é fiel aos votos que lá foram depositados.”

Em seguida, o ministro descartou qualquer risco à democracia, comentando que Bolsonaro “prega para os convertidos”.

“São mais de 35 anos de democracia e ela precisa ser preservada. Eventuais exageros, de um lado ou de outro, encontram sempre um modo de ser contraposto e as formas legais de fazer os devidos reparos. É preciso reduzir esse nervosismo.”

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

Encontrou um erro?

Para comunicar um erro de português, de informação ou técnico, preencha o formulário abaixo.