Português  English  Español  Italiano  Français  Deutsch
Português  English  Español  Italiano  Français  Deutsch

Gilmar Mendes diz que Lava Jato virou partido político

Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia
Gilmar Mendes diz que Lava Jato virou partido político

Gilmar falou com jornalistas na capital portuguesa, onde encerra nesta quarta-feira (24) o workshop que faz parte do VII Fórum Jurídico de Lisboa.

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Gilmar Mendes, descarregou sua artilharia contra membros da Operação Lava Jato. Como de costume, o procurador da República, Deltan Dallagnol, foi o alvo principal das críticas do magistrado.

Para o ministro, a Lava Jato se transformou em um partido político e a tentativa da criação de uma fundação para gerenciamento de grandes montantes financeiros oriundos de esquemas de corrupção seria uma “brincadeira que Dallagnol teria para fazer política”.

Para o ministro, a Lava Jato nada mais é do que um grupo de trabalho. “Mas por um vício – esses vícios comuns a nós – virou, na verdade, uma instituição, um partido político. Quase ganharam, vocês viram, uma fundação”, comentou Gilmar, segundo o UOL.

Nesta terça-feira (23), Dallagnol foi alvo de abertura de um processo administrativo disciplinar pelo Plenário do Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP).

Compartilhe

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email