Português   English   Español

Gilmar Mendes manda soltar ex-secretário de Sérgio Cabral

Ex-secretário de Sérgio Cabral foi preso em novembro de 2016 por ordem de Marcelo Bretas. Gilmar Mendes concedeu habeas corpus, mas determinou entrega do passaporte e recolhimento noturno.

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Gilmar Mendes, determinou a soltura do ex-secretário do governo do Rio de Janeiro Wilson Carlos.

Wilson trabalhou na gestão do ex-governador do Rio, Sérgio Cabral, que também está preso. A decisão é desta quinta-feira (6).

Wilson Carlos estava preso desde novembro de 2016. Ele foi preso junto com Cabral por ordem do juiz Marcelo Bretas, que cuida da Lava Jato no Rio.

Ao autorizar a libertação, conforme informou o “G1“, Gilmar Mendes impôs três medidas cautelares:

  • proibição de manter contato com os demais investigados, por qualquer meio;
  • proibição de deixar o país, devendo entregar passaporte em até 48 horas;
  • recolhimento domiciliar no período noturno e nos fins de semana e feriados.

Deixe seu comentário...

Veja também...

Newsletter Renova!

Preencha o formulário para assinar nossa newsletter.

Nome Email
newsletter