Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Gilmar não quer ser criticado por magistrados da Lava Jato

Foto: JF Diorio/Estadão
COMPARTILHE

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Gilmar Mendes, apontou abuso de autoridade na transferência de Sérgio Cabral para Curitiba.

O ministro do STF também defendeu a responsabilização dos agentes que colocaram algemas nos pulsos e grilhões nos pés do ex-governador do Rio de Janeiro.

Relator do inquérito aberto na Segunda Turma para apurar irregularidades no caso, Gilmar voltou a criticar juízes e procuradores da Lava Jato e cobrou reação do STF contra eventuais abusos.

‘A toda hora temos procurador no Twitter atacando esta corte, desqualificando magistrados, mas nenhuma providência se toma, criticando decisões do STF. Eles (…) são partes interessadas. É preciso que nós respondamos. Evitando que em pouco tempo tenhamos tortura em praça pública. Caminha-se para isso’, declarou o ministro.

 

Com informações de O Antagonista

PUBLICIDADE

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Comentários_

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da RenovaMídia.

Ao comentar você concorda com nossos termos de uso e política de privacidade.

Assinar
Notificar quando
guest
0 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários