Gleisi diz que Lula é um “juiz armado de ódio e rancor”

Idiomas:

Português   English   Español
TARCISO MORAIS
TARCISO MORAIS
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia.

A presidente do PT, Gleisi Hoffmann, disse que a decisão do juiz Sergio Moro de expedir mandado de prisão contra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, nesta quinta-feira (05), reedita os tempos da ditadura militar.


Para Gleisi Hoffmann, Moro não esperou se esgotarem os prazos de recurso porque está “armado de rancor e ódio”.

Segundo informações da Gazeta do Povo:

Mais tarde, em declarações a jornalistas no Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, em São Bernardo do Campo, onde ocorrerá ato de apoio ao ex-presidente, a presidente nacional do PT manteve as críticas: “Chega a ser doentio por parte do juiz Moro não observar prazos recursais que ainda temos diante do TRF-4, sequer esperar a publicação da decisão do STF. Isso é um atentado à democracia, aos direitos do presidente Lula”, afirmou a senadora. “Moro não conseguiu mostrar provas nem o crime que Lula cometeu”, acrescentou.

Para Gleisi, a decisão de Moro é uma tentativa de impedir uma medida que pudesse suspender a pena de Lula. “É lamentável que um juiz tenha esse tipo de postura, depondo contra a democracia e a justiça brasileira. Volto a repetir: só há uma justificativa, que é a obsessão do juiz Moro em perseguir o presidente Lula”, disse.

Siga a RENOVA no TWITTER e acompanhe todas as notícias em tempo real.

Em declaração na sede do Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, Gleisi voltou a dizer que Moro não apresentou provas para condenar Lula.

Curta e compartilhe...

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on reddit
Share on vk

Deixe seu comentário...

Veja também...