Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Globalistas tentam conectar a Rússia aos protestos dos coletes amarelos na França

Globalistas tentam conectar Rússia aos protestos dos coletes amarelos na França
COMPARTILHE

Rússia nega nesta segunda-feira (10) qualquer envolvimento nos protestos dos “coletes amarelos” na França e garantiu que qualquer afirmação no sentido contrário é uma “calúnia”.

Alguns veículos de imprensa da grande mídia estão acusando supostos perfis ligados ao Kremlin de instigarem o movimento dos “coletes amarelos” através das redes sociais, principalmente o Twitter.

O ministro das Relações Exteriores da França, Jean-Yves Le Drian, declarou em um programa de televisão que foi iniciada uma investigação sobre uma suposta manipulação estrangeira no Twitter, registra a agência “EFE“. 

O porta-voz da presidência da Rússia, Dmitri Peskov, declarou:

Toda afirmação sobre um possível envolvimento da Rússia (nos protestos na França) não é mais que uma calúnia.

E acrescentou:

Não nos envolvemos e não vamos ser envolvidos nos assuntos internos de outros países, entre eles a França.

Peskov acrescentou que a Rússia “dá muita importância” ao desenvolvimento das relações com a França e que “ambas as partes trabalham nisto com bastante intensidade”.

PUBLICIDADE

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Comentários_

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da RenovaMídia.

Ao comentar você concorda com nossos termos de uso e política de privacidade.

Assinar
Notificar quando
guest
0 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários