PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

Globo defende abertamente o inquérito das fake news

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

Globo diz que inquérito “passou a se constituir a única ação efetiva de um organismo de Estado para conter” Bolsonaro.

O Grupo Globo deixou bem claro que não se importa com as denúncias de ilegalidade e inconstitucionalidade que o inquérito das fake news do Supremo Tribunal Federal (STF) vem recebendo de juristas ao longo dos últimos meses. 

Um dia após o ministro Alexandre de Moraes, relator do inquérito, determinar busca e apreensão contra aliados do presidente da República, Jair Bolsonaro, o jornal O Globo saiu em defesa das medidas, que vêm sendo apontadas por muitos como uma forma de censura.  

Em um editorial¹ publicado nesta quinta-feira (28), o jornal disse que “as investigações foram justificadas pela necessidade de se descobrir a origem de calúnias, injúrias e difamações de ministros”.

Ainda de acordo com o texto intitulado “Operação da PF testa ingerências de Bolsonaro”, O Globo disse que o inquérito só promoveu a censura quando agiu contra a revista Crusoé:

“E quando o inquérito serviu para censurar a revista digital Crusoé, um ato, este sim, contra a Constituição, as críticas aumentaram.”

No entanto, logo em seguida, o editorial diz que o inquérito das fake news “passou a constituir a única ação efetiva” contra o bolsonarismo:

“Mas o bolsonarismo com sua tendência congênita ao golpismo e à ilegalidade deu relevância ao inquérito, que passou a se constituir a única ação efetiva de um organismo de Estado para conter o avanço agressivo de Bolsonaro e sua horda contra as instituições republicanas. Isso, enquanto o Congresso, ainda em sessões remotas, continua afetado pelo estado semicomatoso que acometeu a oposição desde a sua derrota para o bolsonarismo em 2018.”

Referências: [1]
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

Newsletter

Receba as principais notícias do dia, assine nossa newsletter gratuita.