Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Globo não considera a facada em Bolsonaro um crime relevante do ano 2018

Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia
Globo não considera a facada em Bolsonaro um crime relevante do ano 2018

A Rede Globo optou por não colocar o atentado contra Bolsonaro na lista dos crimes mais relevantes de 2018.

O portal de notícias “G1“, da Rede Globo, fez uma lista com os “15 crimes que abalaram o Brasil” em 2018, fazendo vista grossa ao atentado contra o presidente eleito Jair Bolsonaro.

No corpo de sua matéria, o “G1” afirma:

Bruno e João, Marielle e Anderson, Caroline, Matheusa, Joaquim e Kauã, Vitória, família Lemos, Tatiane Spitzner, PM Juliane, Karina, Letícia, Rayane, Daniel, Moa do Katendê e criança estuprada em cadeia.

Todos foram vítimas de crimes que mobilizaram o país e tiveram grande repercussão durante o ano.

Todos os crimes citados acima tiveram ampla repercussão nacional, mas nenhum deles teve a relevância da facada contra o então candidato à Presidência da República do PSL, em Juiz de Fora, no interior de Minas Gerais.

“Outro fato bastante significativo para compreender o motivo da imprensa brasileira estar acabada, é o fato do portal listar o assassinato do mestre de capoeira na Bahia como um crime político, sendo que há meses a versão já foi desmentida”, frisa a “República de Curitiba“.

Compartilhe

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email