- PUBLICIDADE -

Google corta laços com a Huawei após decreto de Trump

Google corta laços com a Huawei após decreto de Trump
- PUBLICIDADE -

A gigante tecnológica Google anunciou que cortou as relações com a empresa chinesa Huawei.

A decisão terá graves consequências para a empresa da China, que não poderá oferecer mais serviços do Google aos seus clientes.

O anúncio inesperado acontece em meio a tensões comerciais com Pequim e depois da decisão da semana passada do presidente americano Donald Trump.

Trump proibiu que os grupos americanos façam negócios com empresas estrangeiras do setor de telecomunicações consideradas perigosas para a segurança nacional, como noticiou a RENOVA.

A medida tinha como alvo principal a Huawei, gigante chinesa das telecomunicações, segunda maior fabricante mundial de smartphones.

A empresa se tornou inimiga de Washington, que acusa o grupo de espionagem cibernética em favor do regime comunista da China.

O grupo aparece na lista de empresas suspeitas com as quais não se pode negociar sem a autorização das autoridades.

“Estamos cumprindo a ordem e revisando as implicações”, afirmou um porta-voz do Google em um e-mail à AFP.

PUBLICIDADE
- PUBLICIDADE -

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -