Google nega planos para lançar mecanismo de busca censurado na China

Idiomas:

Português   English   Español
Google nega planos para lançar mecanismo de busca censurado na China
TARCISO MORAIS
TARCISO MORAIS
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia.

O CEO do Google, Sundar Pichai, disse nesta terça-feira (11) durante seu depoimento ao Congresso dos EUA que sua empresa neste momento não tem planos de lançar um mecanismo de busca censurado na China.

Sundar Pichai testemunhou perante o Comitê Judiciário da Câmara dos Estados Unidos sobre uma ampla gama de tópicos, incluindo o viés político potencial da plataforma da empresa e as práticas de privacidade da China.

Segundo informações da “Sputnik“, CEO do Google declarou:

No momento não temos planos de lançar na China, não temos um produto de busca lá. Nossa missão principal é fornecer aos usuários acesso à informação, e obter acesso à informação é um importante direito humano.

Reportagens de bastidores indicam que o Google trabalha em um mecanismo de busca conhecido como Dragonfly.

A iniciativa seria compatível com os mecanismos de censura de Pequim.

Newsletter RENOVA

Receba diariamente as principais notícias do Brasil e do Mundo.

Curta e compartilhe esta notícia

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on google
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on email

Deixe seu comentário

Veja outras notícias em destaque