- PUBLICIDADE -

Governador da Pensilvânia diz que Trump ataca a democracia

Governador da Pensilvânia diz que Trump ataca à democracia

- PUBLICIDADE -

O governador da Pensilvânia, Tom Wolf, do Partido Democrata, afirmou, nesta quarta-feira (4), que um “ataque partidário” foi lançado contra as eleições do Estado.

A declaração de Wolf foi proferida após o presidente Donald Trump afirmar que venceu no Estado e que a eleição estava sendo roubada dele.

Wolf alertou que o Estado ainda precisa contar mais de 1 milhão de votos por correio:

“Ainda temos mais de 1 milhão de votos pelo correio para contar na Pensilvânia. Prometi aos habitantes da Pensilvânia que contaríamos todos os votos e é isso que vamos fazer.”

O governador acrescentou:

“Vamos ser claros: este é um ataque partidário às eleições da Pensilvânia, aos nossos votos e à democracia. Nossos condados estão trabalhando incansavelmente para processar votos o mais rápido e com a maior precisão possível.”

“A Pensilvânia terá uma eleição justa e contaremos todos os votos”, completou o governador.

Com 75% dos votos apurados, o cenário na Pensilvânia é o seguinte:

  • Donald Trump – 2,969 milhões de votos | 55.1%
  • Joe Biden – 2,350 milhões de votos | 43.6%

PUBLICIDADE

- PUBLICIDADE -

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit

- PUBLICIDADE -

- PUBLICIDADE -

- PUBLICIDADE -