Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
- PUBLICIDADE -

Governador de Minas Gerais denuncia ‘totalitarismo’ contra Bolsonaro

Tarciso Morais

Tarciso Morais

'Bolsonaro é um patriota', diz governador Romeu Zema
Imagem: Alan Santos/PR
COMPARTILHE

Zema defende Bolsonaro e alerta para pessoas adotando “totalitarismo contra o presidente”.

Romeu Zema, governador de Minas Gerais, foi um dos sete governadores que não assinaram uma carta conjunta com críticas ao presidente da República, Jair Bolsonaro, e em defesa dos líderes do Congresso Nacional.

Em entrevista à emissora Rede Globo, nesta segunda-feira (20), Zema declarou:

“Eu vejo que está havendo um movimento exacerbado, desnecessário, com relação a algumas falas, algumas questões do presidente. Outro dia até brinquei, se o presidente arrotar, vai virar motivo de alguém se manifestar. Nós deveríamos focar no nosso trabalho.”

Sem citar nomes, o governador de MG criticou pessoas que estariam se aproveitando da pandemia do novo coronavírus para ganhar palanque:

“Eu não tenho feito isso aqui em Minas Gerais. Agora, é um direito dele se manifestar, nós estamos em uma democracia e temos que lembrar disso. A riqueza da democracia é a diferença de opiniões. E parece que tem pessoas que estão adotando um totalitarismo contra o presidente. Aí eu não concordo também.”

- PUBLICIDADE -
TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
VEJA TAMBÉM