Governador de NY é alvo de acusações de assédio

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Político membro do Partido Democrata afirma que as acusações são falsas.

O governador de Nova YorkAndrew Cuomo, do Partido Democrata, está sendo alvo de acusações de assédio sexual. 

Em um post publicado nesta quarta-feira (23), Lindsey Boylan, uma ex-assessora econômica do governador, acusou Cuomo de tê-la assediado sexualmente enquanto trabalhava em sua gestão, entre 2015 e 2018. 

Atual candidata à presidência do distrito de Manhattan, Boylan afirma que Cuomo a beijou na boca à força, sugeriu um jogo de “strip poker” e fez vários esforços para “tocar suas costas, braços e pernas”. 

“O governador criou uma cultura dentro de seu governo em que o assédio e a intimidação eram tão frequentes que não apenas eram tolerados, como esperados”, escreveu Boylan em um blog. 

O governador não fez comentários após a publicação do texto de Boylan.  

Em dezembro, quando ela fez suas acusações pela primeira vez, Cuomo alegou que eram falsas. 

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Newsletter

Receba as principais notícias do dia, assine nossa newsletter gratuita.