Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Governador de SC na mira do MP por compra de respiradores

Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia
Comercio de rua e hoteis estao liberados em Santa Catarina
Imagem: Maurício Vieira / Secom

Investigações agora seguem para o STJ por envolver o governador de SC.

O Ministério Público de Santa Catarina (MP-SC) vislumbrou participação do governador Carlos Moisés (PSL) no pagamento antecipado de R$ 33 milhões para a compra de 200 respiradores pulmonares.

Em meio à pandemia de coronavírus, os ventiladores não foram entregues no prazo. 

A manifestação fundamentou o despacho do juiz Elleston Canali, da Vara Criminal de Florianópolis, que enviou ao Superior Tribunal de Justiça (STJ) os autos da operação “Oxigênio”.

A Promotoria apontou que Moisés “tinha ciência e possível participação nos fatos delituosos que estão sendo apurados”. 

Uma perícia da Polícia Civil localizou mensagens trocadas pelo empresário Samuel de Brito Rodovalho, alvo da operação, que apontaram a suposta ação do governador no processo de compra dos respiradores.

Ao despachar o processo, o magistrado Canali apontou que as investigações, por agora envolverem indícios da participação do governador, devem ser analisadas pelo STJ devido à prerrogativa do foro.

Referências: [1]

Compartilhe

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email