Português   English   Español

Governador eleito do Rio endurece discurso contra criminalidade

Governador eleito do Rio endurece discurso contra criminalidade

Wilson Witzel, governador eleito do Rio, disse que uma de suas metas para a segurança pública é reduzir a taxa de homicídios por 100 mil habitantes para abaixo de dois dígitos.

O ex-juiz reafirmou que traficantes com fuzil na mão devem ser abatidos por policiais.

No início da última semana, o plano de Wilson Witzel foi criticado por jornalistas da grande mídia, mas defendido pelo futuro ministro da Defesa, o general da reserva Augusto Heleno, conforme noticiou a Renova Mídia.

Em entrevista ao jornal Extra, o governador eleito do Rio de Janeiro respondeu as seguintes perguntas:

O senhor defende que policial abata traficantes com fuzil mesmo sem reação. Isso desagrada alguns setores da sociedade.

Só não desagrada o cidadão de bem.

Como evitar que isso vire um estímulo para condutas indevidas de policiais?

Grande parte dos policiais não sabe o que fazer por falta de treinamento. Vamos criar células de combate ao crime em cada batalhão. Eles vão ser treinados para tirar de circulação os fuzis.

Essa política não estimula a polícia a ser mais truculenta?

A polícia tem que ser truculenta com criminoso. Se bandido tiver com arma na mão tem que morrer.

Deixe seu comentário

Veja também...