Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Governador pede a morte de urso que atacou humanos na Itália

Governador pede a morte de urso que atacou humanos na Itália
COMPARTILHE

“Temos uma lei que nos dá ampla margem de manobra para gestão dos grandes carnívoros”, diz governador italiano.

Maurizio Fugatti, governador de Trento, na Itália, anunciou que vai ordenar a morte de um urso marrom, que atacou pai e filho que faziam caminhada no Monte Peller.

Fugatti alertou:

“Queremos dialogar com o ministério [do Meio ambiente] mas sabendo que temos uma lei que nos dá ampla margem de manobra para gestão dos grandes carnívoros.”

O caso aconteceu na última segunda-feira (22), quando Fabio Misseroni, de 59 anos, e seu filho Christian Misseroni, de 28, passavam pela trilha quando o urso apareceu.

O animal atacou primeiro Christian. Em seguida, Fabio entrou em combate com o urso. Em entrevista, o pai explicou:

“Ele se lançou contra o meu filho. Naquele momento, fui atrás dele para defender Christian. Ele mordeu minha perna, depois meu braço, depois minha outra mão.”

Fabio teve a perna quebrada em três lugares. Enquanto o urso estava atacando seu pai, Christian bateu palmas para distraí-lo e, depois, o animal saiu para a floresta.

Referências: [1]

PUBLICIDADE

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Comentários_

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da RenovaMídia.

Ao comentar você concorda com nossos termos de uso e política de privacidade.

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE