Governadores pedem que reforma da Previdência atinja estados

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

25 governadores saíram em defesa da permanência de estados e municípios na proposta de reforma da Previdência que tramita no Congresso Nacional.

O apelo dos governadores foi feito em carta conjunta assinada nesta quinta-feira (6). O manifesto só não traz as assinaturas dos governadores da Bahia, Rui Costa (PT), e do Maranhão, Flávio Dino (PC do B).

Na carta, os chefes dos Executivos estaduais argumentam que o regime previdenciário opera em déficit, sendo um dos causadores da crise fiscal enfrentada pelos governos regionais.

Segundo a Folha, um trecho do documento afirma:

“Contamos com o indispensável apoio de nossos deputados e senadores para a manutenção dos estados e do Distrito Federal na nova Previdência, a fim de garantir o equilíbrio fiscal e o aumento dos investimentos vitais que promovam a melhoria da vida de nossos concidadãos, evitando o agravamento da crise financeira que já se mostra insustentável.”

Uma versão preliminar da carta, de tom mais duro, desagradou alguns governadores. Um dos políticos que discordaram do conteúdo foi o governador de Goiás, Ronaldo Caiado (DEM), que agora assina a versão mais branda.

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Newsletter

Receba as principais notícias do dia, assine nossa newsletter gratuita.