Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
- PUBLICIDADE -

Governo acusa Congresso de buscar militares para derrubar presidente do Peru

Governo peruano denuncia que Congresso buscou envolver militares no processo de destituição de Vizcarra.

Tarciso Morais

Tarciso Morais

Governo acusa Congresso de buscar militares para derrubar presidente do Peru
COMPARTILHE

O governo do Peru denunciou, no último sábado (12), que o presidente do Congresso, Manuel Merino, entrou em contato de forma irregular com chefes militares para envolvê-los em processo de destituição contra o presidente Martín Vizcarra.

O premier e general reformado, Walter Martos, acusou:

“Fomos testemunhas de um fato gravíssimo, com a participação do presidente do Congresso, de tentar envolver as Forças Armadas em um processo político no qual não têm que ter nenhuma participação.”

Segundo a agência France-Presse, o presidente do Congresso negou a versão, mas admitiu que se comunicou com o chefe da Marinha no contexto da crise política em andamento:

“Tentou-se confundir a população, fazendo a mesma acreditar que há um complô.”

O Congresso peruano aprovou submeter Vizcarra a um processo de destituição por “incapacidade moral”, como noticiou a RenovaMídia.

O presidente foi flagrado pedindo a colaboradores que mentissem em uma investigação sobre um contrato polêmico envolvendo um cantor.

Em caso de destituição de Vizcarra, o presidente do Congresso deverá assumir a presidência peruana até o fim do atual mandato, em 28 de julho de 2021, segundo a Constituição.

- PUBLICIDADE -
Error: Embedded data could not be displayed.
TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
VEJA TAMBÉM
Error: Embedded data could not be displayed.