Governo arrecada R$ 2,4 bilhões com leilão de 12 aeroportos

Idiomas:

Português   English   Español
Governo arrecada R$ 2.4 bilhões com leilão de 12 aeroportos
Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia.

Empresas estrangeiras dominaram o leilão de 12 aeroportos realizado nesta sexta-feira (15) pelo governo do presidente Jair Bolsonaro.


Informações da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) indicam que a arrecadação à vista do governo ficou em R$ 2,377 bilhões. O ágio médio do leilão foi de 986%.

Além do valor à vista, as regras do leilão preveem ainda uma outorga variável a ser paga ao longo dos 30 anos de concessão estimada em R$ 1,9 bilhão para os três blocos de aeroportos concedidos, informa o G1.

O investimento previsto nos 12 aeroportos ao longo do período de concessão é de R$ 3,5 bilhões, como noticiou a RENOVA.

Siga a RENOVA no TWITTER e acompanhe todas as notícias em tempo real.

O leilão confirmou a expectativa do governo do presidente Jair Bolsonaro de forte disputa e interesse de investidores estrangeiros.

O ministro da Infraestrutura, Tarcísio de Freitas, afirmou:

“É uma grande demonstração de confiança no país. […] Uma forte demostração de confiança do investidor estrangeiro no vigor do mercado brasileiro, na condução da política econômica e na possibilidade de termos reformas.”

Com o leilão desta sexta-feira (15), o primeiro do governo Bolsonaro, o número de aeroportos administrados pela iniciativa privada no país subirá de 10 para 22.

Newsletter RENOVA

Receba gratuitamente as principais notícias do Brasil e do Mundo por email.

Curta e compartilhe...

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on reddit
Share on vk

Deixe seu comentário...

A RENOVA Mídia não se responsabiliza pelo conteúdo, opiniões e comentários dos visitantes do site. NÃO publique ofensas, discordar não é ofender. Caso encontre algum material com ofensas, denuncie. Lembre-se que ao comentar em nosso portal você concorda com estes Termos de Uso.

Veja também...