Governo Bolsonaro está preocupado com perseguição aos cristãos

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Durante evento em Washington, Damares anunciou a criação de um comitê nacional de liberdade religiosa e de crenças.

A ministra da Mulher, Família e Direitos Humanos, Damares Alves, disse que o governo do presidente Jair Bolsonaro está “particularmente apreensivo” com a perseguição contra cristãos em diferentes partes do mundo.

Em Washington, durante encontro sobre avanço da liberdade religiosa, realizado pela chancelaria dos Estados Unidos, Damares declarou:

“Não dá mais para admitir a perseguição e morte de tantos cristãos no mundo.”

Ela anunciou a criação de um comitê nacional de liberdade religiosa e de crença e também de uma “coordenação nacional para promover iniciativas para garantir o pleno exercício da liberdade religiosa”.

A ministra não explicou a competência de cada um dos órgãos criados e nem detalhou quais iniciativas serão tomadas, mas disse que será dada “atenção especial às religiões de matriz africana”, informa o site Metrópoles.

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Newsletter

Receba as principais notícias do dia, assine nossa newsletter gratuita.