Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Governo Bolsonaro estuda fim dos Mais Médicos

Governo Bolsonaro estuda fim dos Mais Médicos
COMPARTILHE

O governo federal estuda o encerramento do Programa Mais Médicos. A ideia é substituí-lo por um novo projeto ainda em planejamento.

O novo projeto será apresentado “em breve” pela gestão do presidente Jair Bolsonaro, de acordo com informações de Mayra Pinheiro, secretária de gestão no trabalho e educação em saúde do Ministério da Saúde, cargo responsável pelo Mais Médicos.

Segundo ela, a ideia é que o último ciclo de vagas abertas se encerre nesta semana. E, a partir disso, não sejam feitos novos editais.

Os médicos que atuam pelo programa poderão continuar em seus postos de trabalho até o final de seus contratos, que tem duração de três anos, disse Mayra ao jornal EL PAÍS.

Notabilizado pela participação de médicos cubanos, que chegaram ao Brasil por meio de uma parceria com a ditadura comunista intermediada pela Organização Pan Americana da Saúde (OPAS), o Mais Médicos foi criado em 2013 pelo governo da ex-presidente Dilma Rousseff (PT).

O programa Mais Médicos recebeu críticas intensas pelo modelo de parceria que trouxe os cubanos, já que a ilha mantinha grande parte dos salários dos profissionais que atuavam em áreas brasileiras.

Em dezembro, após críticas da gestão Bolsonaro e o anúncio de que a validação dos diplomas passaria a ser exigida por seu Governo, Cuba encerrou a parceria e retirou seus profissionais.

PUBLICIDADE

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Comentários_

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da RenovaMídia.

Ao comentar você concorda com nossos termos de uso e política de privacidade.

Assinar
Notificar quando
guest
0 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários