PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

Governo Bolsonaro pode ter reestruturação ministerial desfeita

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

Adiamento da votação no plenário da Câmara pode fazer reestruturação ministerial de Bolsonaro ser desfeita.

A pouco mais de 3 semanas de perder a validade, a Medida Provisória que trata da reforma administrativa do governo do presidente Jair Bolsonaro teve votação adiada no plenário da Câmara dos Deputados, nesta quinta-feira (9).

A decisão foi tomada pelo presidente da casa, Rodrigo Maia (DEM-RJ), após desentendimento com o deputado Diego Garcia (Pode-PR), que tentava manobrar para reverter a retirada do Coaf (Conselho de Controle de Atividades Financeiras) da estrutura do Ministério da Justiça, do titular Sérgio Moro.

Garcia apresentou uma questão de ordem, pedindo para que Maia colocasse em votação, antes da MP 870, outras medidas provisórias mais antigas.

O deputado buscou, dessa forma, ganhar tempo para reverter a derrota sofrida com a saída do Coaf das mãos do ministro Moro.

“Vossa excelência acabou de derrubar a Medida Provisória 870. Eu vou ler todas as medidas provisórias, e todas as medidas provisórias serão votadas antes da 870”, rebateu Rodrigo Maia em tom ameaçador, segundo o InfoMoney.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

Newsletter

Receba as principais notícias do dia, assine nossa newsletter gratuita.