Governo Bolsonaro recomenda fiscalização imediata de barragens

Idiomas:

Português   English   Español
Governo Bolsonaro recomenda fiscalização imediata de barragens
TARCISO MORAIS
TARCISO MORAIS
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia.

A resolução do gabinete de crise foi tomada após reunião e foi publicada no Diário Oficial da União desta terça-feira (29).

O governo de Jair Bolsonaro recomendou que sejam realizadas fiscalizações imediatas em barragens pelo Brasil e instituiu um comitê para elaborar um anteprojeto de atualização da Política Nacional de Segurança das Barragens, de 2010.

As medidas foram publicadas no Diário Oficial da União desta terça-feira (29). Elas vêm após o rompimento de uma barragem de rejeitos de mineração da Vale em Brumadinho, cidade do estado de Minas Gerais, na semana passada que deixou um saldo de 65 mortos e 279 desaparecidos até o momento.

Segundo o portal “R7“, um trecho do documento formulado pelo Gabinete de Crise afirma:

“O Conselho Ministerial de Supervisão de Respostas a Desastres resolve [recomendar que] realizem imediatamente fiscalização nas barragens sob sua jurisdição, de modo a priorizar aquelas classificadas como possuidoras de ‘dano potencial associado alto’ ou com ‘risco alto’.”

Em resolução em separado, o conselho instituiu um subcomitê que ficará responsável por rever a Política Nacional de Segurança de Barragens, estabelecida por lei de 2010, com prazo de 30 dias para conclusão dos trabalhos, registra o jornal “Extra“.

Newsletter RENOVA

Receba diariamente as principais notícias do Brasil e do Mundo.

Curta e compartilhe esta notícia

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on google
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on email

Deixe seu comentário

Veja outras notícias em destaque