Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Governo cancelará 8,5 mil unidades irregulares do Minha Casa

Governo cancelará 8,5 mil unidades irregulares do Minha Casa
COMPARTILHE

Ministro do governo Temer autorizou a contratação das unidades do programa habitacional sem que a despesa estivesse prevista no Orçamento.

O Ministério do Desenvolvimento Regional vai cancelar a construção de pelo menos 8.482 unidades irregulares do programa “Minha Casa Minha Vida”.

As unidades haviam sido contratadas de forma irregular pelo governo do ex-presidente Michel Temer, segundo apuração do jornal Estadão.

De 24 a 31 de dezembro de 2018, o então ministro das Cidades, Alexandre Baldy, autorizou a contratação de 17.404 unidades do faixa 1 do programa habitacional sem que essa despesa estivesse prevista no Orçamento, o que contraria a Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF).

A irregularidade foi apontada em relatório da Controladoria-Geral da União (CGU). Os contratos que serão cancelados ainda não tiveram as obras iniciadas.

A equipe do governo Jair Bolsonaro tentou contornar o problema ao incluir a previsão orçamentária num crédito suplementar aprovado pelo Congresso em junho.

No entanto, os órgãos de controle advertiram que a manobra seria insuficiente para sanar o desvio. Para os auditores, a previsão orçamentária precisaria existir no momento das contratações.

PUBLICIDADE

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Comentários_

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da RenovaMídia.

Ao comentar você concorda com nossos termos de uso e política de privacidade.

Assinar
Notificar quando
guest
0 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários

PUBLICIDADE