Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
- PUBLICIDADE -

Governo coloca um ponto final na estatal Companhia Docas do Maranhão

“Menos uma”, escreveu o ministro Tarcísio em mensagem nas redes sociais.

Tarciso Morais

Tarciso Morais

Governo coloca um ponto final na estatal Companhia Docas do Maranhão
COMPARTILHE

A primeira empresa pública liquidada no governo Jair Bolsonaro teve seu fim oficialmente decretado. 

Criada em 1974, a Companhia Docas do Maranhão (Codomar) era responsável por administrar o Porto do Itaqui, em São Luís, ocupação que não exercia mais desde 2000.

A empresa havia sido resumida a um “contêiner cheio de papel”, de acordo com as palavras do ministro da Infraestrutura, Tarcísio de Freitas.

De acordo com a pasta comandada por Freitas, o fechamento da Codomar vai representar uma economia anual de cerca de R$ 8,4 milhões aos cofres da União. 

A Codomar estava em processo de liquidação há quase três anos, iniciado ainda no governo do ex-presidente Michel Temer, e custou cerca de R$ 50 milhões aos cofres públicos durante o período. 

Apenas de despesas com os empregados, foram R$ 10 milhões. Pelo prazo inicial, a empresa deveria ter sido fechada ainda em meados de 2018.

- PUBLICIDADE -
Error: Embedded data could not be displayed.
TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
VEJA TAMBÉM
Error: Embedded data could not be displayed.