- PUBLICIDADE -

Governo da Argentina denuncia jornalista por ameaçar Mauricio Macri

- PUBLICIDADE -

O Ministério de Segurança da Argentina denunciou o polêmico apresentador de televisão Santiago Cúneo por “ameaçar” o presidente Mauricio Macri.

Através da rede social Twitter, o jornalista publicou uma imagem do herói José de San Martín com a cabeça decapitada de Mauricio Macri na mão.

“Levaremos cada atitude violenta contra a posse presidencial à Justiça. Não entendem que o ódio com o qual tratam gera uma total rejeição na sociedade”, afirmou a ministra de Segurança, Patricia Bullrich, ao anunciar na mesma rede social que a área de Cibercrimes de sua pasta apresentou a denúncia.

Nesta segunda-feira (20), feriado na Argentina pela comemoração da Passagem à Imortalidade de San Martín, Cúneo publicou um tweet com o desenho do general segurando a cabeça do presidente, que posteriormente apagou por conta das várias críticas que recebeu.

Após o anúncio de Patricia de que iria denunciar o Cúneo, o jornalista afirmou que o ‘meme’ que publicou não era seu, mas o divulgou porque assim o quis.

 

Adaptado da fonte EFE
PUBLICIDADE
- PUBLICIDADE -

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -