Português   English   Español

Governo da Áustria reduzindo número de refugiados drasticamente

O jornal austríaco Wochenblick relata que apenas 9.337 pedidos de asilo foram feitos nos primeiros 8 meses de 2018.

Esta estatística representa uma queda de 46,3% em relação ao ano passado.

O nível atual é semelhante ao de 2010, quando a crise migratória ainda não havia dominado o continente europeu. Naquele ano, pouco mais de 11.000 pessoas solicitaram asilo na Áustria.

Os sírios ainda são o maior grupo que busca refúgio na Áustria, com 2.351, seguido pelos afegãos com 1.400 e os iranianos com 723. Os iranianos são o único grupo cujos pedidos de refúgio aumentaram em 20%.

O número total de requerentes de asilo que estão usufruindo de benefícios sociais também diminuiu de mais de 60.000 para 48.640.

O Ministro do Interior, Herbert Kickl, está satisfeito com estes desenvolvimentos na Áustria e continua acelerando procedimentos de processamento e deportação de imigrantes ilegais.

“Não deve haver qualquer incentivo para ajudar os traficantes e seus negócios a atrair ainda mais pessoas para a Europa”, declarou.

 

Adaptado da fonte VoE
Tarciso Morais

Tarciso Morais

Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia

Assine nossa newsletter...

Inscreva seu e-mail para receber atualizações diárias com as últimas notícias do Brasil e do mundo.

Fique tranquilo(a), assim como você, odiamos spam :) Você poderá remover seu e-mail a qualquer momento.

Deixe seu comentário...

Veja também...