Português   English   Español

Governo da França teme presença de armas nos protestos de amanhã

O governo da França teme a presença de armas nos protestos convocados para sábado (8) pelo movimento dos “coletes amarelos”.

O ministro do Interior, Christophe Castaner, justificou nesta sexta-feira (7) esses temores ao explicar em entrevista coletiva que armas foram “descobertas” nas investigações após os distúrbios do último sábado.

Como exemplo, Castaner disse que nesta quinta-feira (6) uma pessoa foi presa por ameaçar nas redes sociais as forças da ordem e por dizer que queria “matar a República”.

Na residência do indivíduo detido, foram encontradas duas pistolas, além de material para participar de manifestações.

O ministro do governo da França também contou que no último sábado em Paris um grupo de manifestantes roubou um fuzil de um policial que tentava escapar do incêndio de sua viatura, e que este foi espancado.

O ministro disse acreditar que na manifestação de amanhã em Paris “haverá pouco mais que alguns milhares de pessoas”, mas com elementos “ultraviolentos” entre elas, e disse não descartar que também cheguem extremistas do exterior.

Sobre o dispositivo de segurança que vai atuar nos protestos, Castaner disse que haverá “meios excepcionais” que incluirão 12 blindados da gendarmaria que podem ser utilizados para remover barricadas, registra a agência “EFE“.

Deixe seu comentário...

Veja também...

Newsletter Renova!

Preencha o formulário para assinar nossa newsletter.

Nome Email
newsletter