Português   English   Español

Governo da Rússia obriga Tinder a compartilhar dados de usuários

Governo da Rússia obriga Tinder a compartilhar dados de usuários

Roskomnadzor, regulador de telecomunicações e mídia da Rússia, disse que o Tinder terá que repassar informações exigidas pelo governo.


Na última segunda-feira (3), a Rússia anunciou que adicionou o aplicativo de encontros Tinder a uma lista de entidades obrigadas a entregar dados de usuários e mensagens privadas às agências policiais do país todas as vezes que forem solicitadas.

A iniciativa é parte de uma ação mais ampla do governo Vladimir Putin para regulamentar a internet.

O Kremlin passou a obrigar o Tinder a armazenar metadados de usuários em servidores dentro da Rússia por pelo menos seis meses, assim como suas mensagens de texto, áudio ou vídeo.

As agências policiais da Rússia, como o serviço de segurança FSB, que assumiu a maior parte das funções da KGB, podem exigir que as empresas cadastradas entreguem os dados sob demanda, informa o Estadão.

Curta e compartilhe...

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on pinterest
Share on reddit
Share on linkedin
Share on vk

Deixe seu comentário...

A RENOVA Mídia não se responsabiliza pelo conteúdo, opiniões e comentários dos visitantes do site. NÃO publique ofensas, discordar não é ofender. Caso encontre algum material com ofensas, denuncie. Lembre-se que ao comentar em nosso portal você concorda com estes Termos de Uso.

Veja também...