Governo de Pernambuco rejeita recomendação do MEC

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

A secretaria estadual da Educação de Pernambuco divulgou nota nesta terça-feira (26) afirmando que não seguirá a política do MEC para incentivar à valorização dos símbolos nacionais.

A nota da secretaria de Educação diz que a primeira versão da carta enviada pelo ministro da Educação, Ricardo Vélez Rodriguez, fere a autonomia das escolas e dos Estados.

É muito improvável que o governo de Paulo Câmara (PSB-PE) mude seu posicionamento após os ajustes feitos pelo MEC nesta terça-feira (26).

A nota publicada pelo governo de Pernambuco também afirma que o Ministério da Educação deveria focar em políticas para melhorar a aprendizagem, segundo o Estadão.

No e-mail, que foi enviado para escolas públicas e particulares do Brasil, o MEC pede que as crianças sejam perfiladas para cantar o hino nacional e que, caso seja possível, o momento deve ser gravado em vídeo e enviado para o governo.

De acordo com a pasta, “a atividade faz parte da política de incentivo à valorização dos símbolos nacionais”, como noticiou a RENOVA.

A decisão do governo pernambucano está sendo celebrada por blogs ligados aos governos petistas. “Secretaria de Pernambuco bota ministro da educação em seu devido lugar!”, diz a Mídia Ninja.

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Newsletter

Receba as principais notícias do dia, assine nossa newsletter gratuita.