Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Governo deve liberar R$ 28 mi para combater fogo na Amazônia

Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia
Governo deve liberar 28 milhoes para combater fogo na Amazonia

Ministro da Defesa diz que Guedes se comprometeu a descontingenciar esses valores, que estão sendo aguardados.

O governo federal deve liberar até R$ 28 milhões como medida emergencial para apoiar combate ao fogo na Amazônia.

Em coletiva de imprensa, neste sábado (24), o ministro da Defesa, Fernando Azevedo e Silva, afirmou que o ministro da Economia, Paulo Guedes, se comprometeu a descontingenciar esses valores, que estão sendo aguardados.

Segundo o jornal Estadão, o general Azevedo declarou:

“Lógico que são recursos emergenciais que duram pouco tempo. Eu fui responsável pela intervenção no Rio de Janeiro na Maré. Era mais ou menos R$ 1 milhão por dia. O descontingenciamento está combinado com o ministro da Economia. Mas estou numa fase que só acredito quando abrir o cofre e ver.”

Também presente na coletiva de imprensa, o ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, disse que “há um saldo no Fundo Amazônia de mais de R$ 1 bilhão que vem sendo utilizados inclusive no combate a incêndio”.

Salles, no entanto, não esclareceu se haveria destinação específica para reforçar o combate no momento.

Enquanto isso, após o presidente da República, Jair Bolsonaro, assinar decreto autorizando o envio das Forças Armadas para ajudar no combate às queimadas, seis estados da Amazônia já formalizaram pedido para ação dos militares.

Compartilhe

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email

Comentários

A RENOVA Mídia não se responsabiliza pelo conteúdo, opiniões e comentários dos visitantes do site. NÃO publique ofensas, discordar não é ofender. Caso encontre algum material com ofensas, denuncie. Lembre-se que ao comentar em nosso portal você concorda com estes Termos de Uso.

Outras Notícias