Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
- PUBLICIDADE -

Governo enfrenta ‘comércio macabro’ de bebês, diz Damares

Tarciso Morais

Tarciso Morais

Governo enfrenta ‘comércio macabro’ de bebês, diz Damares
COMPARTILHE

“Estamos diante de uma série de estupros de bebês”, afirmou a ministra Damares.

Damares Alves, ministra da Mulher, Família e Direitos Humanos, afirmou, nesta sexta-feira (6), que o governo federal está enfrentando um “comércio macabro” de vídeos com estupros de bebês.

Durante um evento sobre saneamento na sede do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), no Rio de Janeiro, a ministra pediu ajuda aos governadores presentes no encontro para fortalecer o programa “Abrace o Marajó”.

O projeto mencionado por Damares é uma iniciativa do governo Jair Bolsonaro contra a exploração sexual de menores na ilha localizada no Pará

A ministra informou que o governo encontrou vídeos de estupros de bebês à venda por R$ 100 mil, acrescentando que casos de violência sexual de recém-nascidos de sete e oito dias de vida também foram identificados

Damares declarou:

“Se vocês conhecem o Norte do país, conhecem a Ilha do Marajó. E por que abraço o Marajó? Começamos primeiro no combate à violência sexual das crianças dessa região. É verdade, viu, senhores? Há abusos sexuais. Acorda, é verdade.”

E, segundo o site Metrópoles, acrescentou:

“E quero dizer que não são crianças apenas. Estamos diante de uma série de estupros de bebês. Quero vir ao BNDES para falar sobre isso um dia. Cresceu de tamanha forma no Brasil que já encontramos vídeos de R$ 100 mil à venda pelos pais. E esse comércio macabro de vídeos cresceu tanto que o governo está enfrentando isso.”

- PUBLICIDADE -
Error: Embedded data could not be displayed.
TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
VEJA TAMBÉM
Error: Embedded data could not be displayed.