Governo entende que tragédia em Brumadinho pode ser pior que Mariana

Idiomas:

Português   English   Español
Governo entende que tragédia em Brumadinho pode ser pior que Mariana
TARCISO MORAIS
TARCISO MORAIS
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia.

Um comitê de crise foi criado pelo governo federal para acompanhar o rompimento da barragem de Brumadinho, em Minas Gerais.

A equipe que compõe o comitê avalia que o desastre em Brumadinho nesta sexta-feira (25) pode ter proporções maiores do que a tragédia ocorrida há três anos, em Mariana, também em Minas Gerais.

De acordo com informações do Corpo de Bombeiros, pelo menos 200 pessoas estão desaparecidas.

O rompimento desta vez atingiu a parte administrativa da Vale. Na unidade, trabalhavam 613 pessoas, em três turnos, além de 28 profissionais terceirizados, conforme noticiou a RENOVA.

A equipe acompanha também o risco de os dejetos atingirem o Rio Paraopeba.

Caso esse cenário se concretize, segundo o jornal “Estadão“, há possibilidade de o abastecimento de Belo Horizonte ser atingido.

Em 5 de novembro de 2015, o rompimento de uma barragem da Samarco também em Minas, entre Ouro Preto e Mariana, soterrou o distrito de Bento Rodrigues e matou 19 pessoas, como você viu na RENOVA.

Newsletter RENOVA

Receba diariamente as principais notícias do Brasil e do Mundo.

Curta e compartilhe esta notícia

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on google
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on email

Deixe seu comentário

Veja outras notícias em destaque