Português   English   Español

Governo libera recursos para acelerador de partículas brasileiro

Governo libera recursos para acelerador de partículas brasileiro

Um dos maiores centros de pesquisa avançada do Brasil deve continuar recebendo investimentos neste ano.


O Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC) assinou um documento liberando R$ 75 milhões para o projeto Sinus, ponto de pesquisas em experimentações de linhas de luz com aceleração de partículas.

O montante será destinado ao Centro Nacional de Pesquisa em Energia e Materiais (CNPEM), responsável pelo projeto, informa o site Canal Tech.

O Sinus é considerado o mais complexo espaço de pesquisas com fonte de luz síncrotron no mundo.

Localizado em Campinas, o espaço é do tamanho de um campo de futebol e voltado para pesquisas variadas com luz.

Antônio José Roque da Silva, diretor-geral do CNPEM, dclarou:

“Esses recursos são fundamentais para que possamos concluir as primeiras linhas de luz, que é onde os experimentos serão feitos de fato.”

E acrescentou:

“A perspectiva é de que possamos fazer as encomendas necessárias para a entrega das primeiras estações experimentais para testes, visando a abertura das linhas para a comunidade científica e tecnológica no início de 2020.”

Curta e compartilhe...

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on reddit
Share on vk

Deixe seu comentário...

A RENOVA Mídia não se responsabiliza pelo conteúdo, opiniões e comentários dos visitantes do site. NÃO publique ofensas, discordar não é ofender. Caso encontre algum material com ofensas, denuncie. Lembre-se que ao comentar em nosso portal você concorda com estes Termos de Uso.

Veja também...