Português   English   Español

Governo Macron começa a executar primeiras privatizações

A França anunciou suas primeiras grandes privatizações durante o governo do presidente Emmanuel Macron, com o objetivo de financiar um fundo para a inovação e reduzir parte da dívida pública.

De acordo com projeto de lei anunciado na noite desta terça-feira (12), o governo reduzirá sua participação no capital da gestora de aeroportos Aeroports de Paris (ADP), na empresa que tem o monopólio da loteria na França, La Francaise des Jeux, e o grupo energético Engie, embora sem especificar as quantidades.

Segundo o ministro da Economia, Bruno Le Maire, o Estado francês tem um capital total de cerca de 15 bilhões de euros.

O que for obtido com a venda será majoritariamente destinado a um fundo público para promover a inovação tecnológica.

De acordo com informações do BOL:

Durante sua campanha presidencial no ano passado, Macron prometeu investir 10 bilhões de dólares em tecnologia como inteligência artificial e digitalização.

“Estamos passado de uma lógica de gestor a uma lógica de investimento no futuro”, disse Le Maire em entrevista ao jornal econômico Les Echos publicada nesta quarta-feira.

Macron, que já trabalhou em bancos de investimento, vai autorizar pela primeira vez a venda de participações estatais, inclusive para capital estrangeiro, de empresas até então consideradas muito sensíveis.

Deixe seu comentário

Veja também...

Newsletter Renova!

Preencha o formulário para assinar nossa newsletter.

Nome Email
newsletter